a lenda

: ovo botado em lugar errado, ao invés do útero da galinha no teu peito, feito o coração. assim que descoberto recomendaram andar a gato, bicho delicado esguio, mas traiçoeiro. atinou: esmerasse no conselho dia mais dia menos lhe sairíam pintos, em vez de cabelos penas em vez de lábios bico em vez de … a caça unhada aflita mordida, se não no muito espatifada. se pôs a encher de ar, inflada boiou no rio e o ovo do peito à goela cuspiu. e ficou conhecida “a gata que aprendeu a nadar”. agora vai pula.

tu cais em mim vou me afogar! a gente não combinou?

prefiro teu colo.

Anúncios

2 comentários sobre “a lenda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s