avidez rasteira

é verdade, irrita-me o futuro. desentendo a idade dos anos. enquanto ela cresce eu igual, eu diminuo. avisto-a de baixo e pergunto: como pode querer um vento gelado? – arrepio, endurecimento de mão, cabelo fugidio? e ela ainda me responde. acredita?

“quando o aspiro nem penso, ele é rápido. me leva embora um calor, e sei: ainda vivo.”

Anúncios

Um comentário sobre “avidez rasteira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s