As cores

_ Me diz como é que é.

. É o quê?

_ Daquele canto da terra, qual é a cor do mar?

. Depende do céu. Se está nublado, o mar fica acinzentado. Se está sol, o mar fica verde ou azul. Uma cor ou outra.

_ E, por que ora uma, ora outra?

. Acho que ele decide, ele que escolhe.

_ Vai ver que é assim, igual o significado das cores, quando me perguntaram se eu sabia:

verde?

acho que é esperança;

por que?

porque todo mundo diz. talvez porque lembre árvore, e árvore lembra vida que brota.

laranja?

acho que é alegria;

por que?

porque parece que diz “”olhem todos para mim””.

e vermelho?

é amor.

não, não é. vermelho é sangue.

então é isso mesmo. sangue é amor, amor é sangue.

azul?

é a cor do infinito. cada um acha o que quer.

Se o mar sente o cheiro do mato, ele fica verde. Se sente o cheiro do infinito fica azul.

E tem também o cheiro da canela, que o deixa cor de terra.

. Então o mar, espreita o sopro do vento, que traz o cheiro de onde quer. É?

– É não.

À beira da tarde, que emerge dupó, tonteia o mar, e pari dentro dos olhos de quem quiser, a cor que quiser.

É o mar de dentro.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s