Por amor

Somos tão propensos a acreditar que fazemos pouco,

e que nesse pouco ainda falta amor.

Como posso eu doar mais ?

Como posso medir a pureza de minha doação ?

Mas já percebeu quantos  “nãos”  você diz

apenas por amor ?

E vem junto a dor, de não dar o que se pode e tem.

Vendo suas lágrimas fora do lugar.

Elas estão nos olhos do outro.

Chego a achar que Deus faz o mesmo conosco.

Poupa-nos da verdade tantas vezes

e assim evita uma dor maior e futura.

Talvez eu esteja equivocada.

Atuando como “deus”,

interferindo no caminho do outro.

Só sei que de uma coisa estou certa :

É a razão, o meu consolo.

Ishh …

Estou eu querendo ser  “deus”  novamente ?

De novo

Por amor ?

Gerusa Pedreira e Silva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s