Juras de amor

A cada união , juras de amor.

Que contraditório !

“Jurar , prometer solenemente com testemunha”.

“Amor, dedicação viva por alguém”.

As juras precisam do amor ?

O amor precisa das juras ?

O que antecede a um juramento ?  Insegurança.

O que antecede a um amor ?  Certeza.

O amor é puro justamente porque nada exige.

Dar-se incondicionalmente.

Alegrar-se com a felicidade do outro.

Que redundância gostosa !

Quando fui me casar, sacerdote disse logo :

“ _ Já vi , por esses olhares … que aqui não precisamos jurar.

Está no ar : uma troca de amar ! ”

Desde sempre …

Amar supera a beleza e a juventude, supera a riqueza e a saúde,

Supera até mesmo a alegria.

Dizem que amor de mãe é o maior que tem, como se desse pra medi-lo.

E se desse pra medir mesmo, pense comigo :

Quem gerou o ser amado ? A mãe.

Quem será amado pela mãe ? O ser gerado.

Se não te gerei , por que te amo então ?

É uma escolha . Uso mente e coração.

Escolho todos os dias !

Quando mais te conheço é que eu te amo.

Foi assim que começou, lembra ?

Conheço-te em meio às palavras,

Conheço-te em meio ao silêncio.

Amo-te na liberdade.

Amo-te porque quero.

Amo-te sem juras.

Apenas amo-te !

Gerusa Pedreira e Silva

Anúncios

Um comentário sobre “Juras de amor

  1. Gerusa, querida… que lindo! que verdadeiro! Continuo te acompanhando e é realmente um privilégio receber o que vc escreve com tanta propriedade e de forma tão real e profunda. Obrigada por compartilhar! Bjs com carinho
    Eliana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s