Uma foto

Espere aí, volte.

Eu não estou entendendo,

Não, não.

O começo de novo, e tudo bem devagar.

Eu não posso acreditar.

Não, eu não quero acreditar.

Se o ontem existiu,

o hoje também,

o amanhã tem que existir.

Eu sei, eu estava aqui.

Eu vi o sol nascer ontem,

eu vi sol nascer hoje,

o sol precisa nascer amanhã também.

Não, não.

Onde está a explicação ?

Onde está o sentido ?

Sumir ? Desaparecer ?

Assim, sem avisar ?

Tenho memórias do passado,

e até do futuro que estava pronto pra acontecer !

Só faltava mais um pouco.

Não quero fotos.

E o olhar, o cheiro, a voz, o respirar ?

Me esprema, me amasse, me torça.

Tire tudo de dentro de mim,

quero ficar só pele.

Espere !

Quero sim, uma foto.

E me deixe aqui.

Com minhas memórias.

Gerusa Pedreira e Silva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s